sábado, 2 de maio de 2009

O exemplo da Amazon

Ando em um surto de mal atendimento nos últimos meses. De todo tipo.

Banco, Telefônica, cartão, Telefônica, Eletropaulo, Telefônica, Submarino, Speedy, etc e tal. Um inferno astral ligado a overdose de atendimento de nível 1.

Certo. Então, mês passado fiz minha primeira compra na Amazon, um livro chamado "The Pragmatic Programmer". A Amazon te oferece três tipos de entrega, em resumo, uma rápida, uma mais ou menos rápida e a padrão, a tal "Standard International Shipping". Escolhi essa última, não tinha pressa para ter o livro e era mais barata. Pois bem, pacote enviado dia 20 de Março, previsão de entrega dia 24 de Abril.

Dia 26 de Abril e meu livro ainda não tinha chegado. Pensei, "até lá?". Mandei um email via site com meu inglês macarrônico perguntando aonde estava minha entrega e, pasmem: uma resposta quilométrica chegou em menos de 12 horas (conforme o próprio site promete), com uma série de explicações sobre o procedimento de entrega, pedidos de desculpas (até exagerados), e solicitando que eu aguardasse até dia 12 de Maio, pois caso eles enviassem outra vez o pedido, poderia chegar dois, e eu teria dor de cabeça para devolver um deles.

Agora o mais inacreditável: sem eu pedir ou reclamar, no email eles informam que iriam reembolsar os quase 10 dólares do frete, para compensar o problema. Não acreditei.

Dois dias depois, estava lá no site a indicação de refund, a devolução no meu cartão dos quase 10 dólares.

O livro chegou 5 dias atrasado, e enviei outro email para confirmar a entrega e sugerindo que eles cobrassem novamente o valor do frete, afinal um atraso de 5 dias em 35 não era algo de outro mundo, e além do que, o atendimento deles tinha sido muito bom. De novo, outro email de resposta em menos de 12 horas, agradecendo pelo meu aviso, e de novo reportando que o reembolso ficaria pela incoveniência.

Foi minha primeira compra na Amazon, e a impressão que ficou foi muito boa. Pode até ser que eles façam caca nas próximas, ou que outras pessoas tenham lá as suas reclamações sobre a empresa.

Mas de qualquer forma, ESSE atendimento foi muito bom. E deveria servir de exemplo para o povo do "nivel 1 de atendimento" das empresas que atuam por aqui.

Até!

Um comentário:

Celso Martins disse...

Cara, eu nunca tive problemas com a Amazon.

Interessante ver que eles também sabem resolver quando algo não vai bem.

Não é possível 100% de acerto. =)